sábado, 28 de janeiro de 2017

Colombo fala dos desafios do ano na primeira edição do Com a Palavra, o Governador de 2017


A primeira edição do Com a Palavra, o Governador de 2017, trouxe o comentário de Raimundo Colombo sobre o reforço no efetivo da Polícia Civil com a formatura de novos delegados e agentes, os desafios da gestão para o ano e as obras da Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis.

Para o governador, a Segurança Pública é uma demanda social crescente e que exige a atitude corajosa de aumentar o efetivo mesmo num período em que a arrecadação se encontra em queda e a despesa aumenta. “Temos investido em tecnologia e na eficiência da polícia, mas o efetivo tem muitas baixas por conta das aposentadorias, principalmente. Por isso, tomamos essa atitude de chamar novos policiais e realizaremos outra chamada ainda em 2017 para reforçar as forças de segurança, que já realizam um grande trabalho em Santa Catarina”, explica Colombo.

A primeira reunião do colegiado, programada para o mês de fevereiro, também foi assunto da entrevista. Raimundo Colombo acredita que 2017 ainda será um ano difícil, que vai exigir esforços de toda a equipe de governo na proteção da sociedade. “Eu entendo que um governo não pode cuidar só de si, mas das pessoas. Vamos trabalhar integrados e motivados para oferecer o máximo de eficiência com o pouco que teremos”, disse. Sob o ponto de vista fiscal, o governador destaca que é fundamental manter contas e salários em dia. “Se os pagamentos atrasam o colapso, que a sociedade já enfrenta, se agrava”, completa.

Colombo defende não aumentar impostos. Diz que o Estado já consegue sentir os efeitos positivos dessa postura. “Tanto é que a taxa de desemprego já passou de 13% no país e aqui em Santa Catarina é de 6%”, argumenta. O dinamismo econômico com a atração de novos investimentos ao Estado também é resultado de impostos mais baixos em relação a outros estados do país. “Nos fortalece diante da crise. Aumentar impostos pode parecer o mais fácil, mas não adianta o governo ir bem e as empresas quebrarem ou o desemprego aumentar”, disse.


O governador finalizou o programa falando das obras na ponte Hercílio Luz, em Florianópolis. Colombo destaca que o cronograma entra em uma fase complexa, que é quando o peso será apoiado na estrutura de sustentação construída para a restauração. “É um desafio da engenharia, mas estamos confiantes e respaldados por um trabalho técnico de altíssimo nível. Tenho certeza que vamos avançar com segurança para as próximas fases e cumprir com esse compromisso de devolver a ponte ao tráfego”, finaliza Raimundo Colombo.

A entrevista na íntegra está disponível nos canais oficiais do Governo no Vimeo e no Youtube. O áudio pode ser acessado na Rádio Secom.
Informações adicionais para a imprensa
Francieli Dalpiaz
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: francieli@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3005/8843-5676
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e  @GovSC

Nenhum comentário: