terça-feira, 4 de abril de 2017

Orquestra Prelúdio apresenta “Clássicos da Música no Presente” este domingo (09/04)

Às 10h30min deste domingo, dia 09 de abril, a Sociedade Cultural Lírica de Joinville (rua Max Colin, nº 1.483) será sede da terceira de cinco apresentações do Projeto “Clássicos da Música no Presente” da Orquestra Prelúdio. O grupo de músicos, que tem a regência e direção musical do maestro Rafael Daniel Huch, já apresentou o mesmo repertório por duas vezes em Itapoá e, pela primeira vez, o exibirá na cidade das flores. Na sequência, outras duas apresentações, também em Joinville, encerrarão essa fase do Projeto, que é uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei Rouanet do Governo Federal. Há o apoio da Escola de Música Tocando em Frente e os patrocínios do Porto Itapoá, Clamed Farmácias e Prosyst.

“Estamos preparando esse concerto com músicas dos grandes compositores clássicos. O que se pode esperar são músicas conhecidas, que o público gosta, mas muitas vezes não sabe quem é o compositor. Nós vamos ter Mozart, Vivaldi, Bethoven...”, adianta o maestro Rafael Huch.

A entrada é gratuita.


Sobre a Orquestra Prelúdio

A Orquestra Prelúdio foi fundada em março de 2011. Nestes seis anos de ensaios e apresentações musicais, os estudantes e profissionais da música exercitaram e exercitam a prática musical em conjunto. O grupo se apresenta regularmente, interpretando grandes obras do repertório clássico e também popular. “Todos os músicos da Prelúdio são da cidade de Joinville, têm uma ligação com a Cidade. Alguns já saíram para estudar e retornaram, fizeram o [Curso] Superior em Música e outros estão fazendo”, explica Huch.

Natural de Joinville, a Orquestra já foi contemplada com a aprovação e execução de cinco projetos pelo SIMDEC (Sistema de Incentivo a Cultura de Joinville). São eles: “Prelúdio, o Despertar de uma Orquestra”; “Orquestra Prelúdio, Jovens Talentos”; “Villa na Escola, Música em Cena”; “Clássicos da Música no Presente” e “Mozart, Essência e Música”.

Através das apresentações gratuitas, ensaios abertos e concertos didáticos, o objetivo da Orquestra Prelúdio é aproximar, incentivar e desenvolver, no público, a apreciação pela música erudita.

Em 2015, o Grupo foi contemplado, também, com a aprovação pela lei Roaunet de incentivo fiscal e, após o término da captação de recursos, está realizando as três últimas apresentações musicais em Joinville. Essas apresentações ocorrerão em 09 de abril de 2017, às 10h30min, na Sociedade Cultural Lírica; dia 04 de maio de 2017, às 20h00min, na Paróquia Bom Jesus do bairro Vila Nova; dia 07 de maio de 2017, às 20h00min na MEUC (Missão Evangélica União Cristã) do bairro América. As duas primeiras apresentações da série de cinco ocorreram em Itapoá.

Ao longo desses seis anos de existência, a Orquestra Prelúdio já conquistou um bom público. A intenção, para este ano de 2017, é que ele aumente ainda mais.

Há outros projetos aprovados pelo SIMDEC, nos quais a Orquestra já está trabalhando e ensaiando. “No segundo semestre [deste ano de 2017], novidades virão. Nós temos uma agenda bem intensa este ano, contando com 13 concertos, que serão divulgados para a sociedade joinvilense. O que o público pode esperar são apresentações de qualidade técnica e com muita emoção”, conclui o maestro Rafael Daniel Huch.


SERVIÇO
O quê: Concerto “Clássicos da Música no Presente” da Orquestra Prelúdio.
Quando: às 10h30min do dia 09 de abril de 2017 (domingo).
Onde: nas dependências da Sociedade Cultural Lírica de Joinville (rua Max Colin, nº 1.483).
Quanto: entrada gratuita.


-- 
Thiago Gusso
Assessor de Imprensa
Gusso Comunicação


Nenhum comentário: