quarta-feira, 10 de maio de 2017

Jogos Escolares da Juventude trarão a Curitiba 5 mil participantes


Curitiba foi confirmada como sede dos Jogos Escolares da Juventude, o maior evento esportivo estudantil do Brasil e um dos cinco maiores do mundo. O convênio entre o Comitê Olímpico Brasileiro (COB), o Governo do Paraná e a prefeitura de Curitiba, que oficializa a capital como sede dos Jogos, foi assinado nesta terça-feira (09), no Palácio Iguaçu. Cerca de 5 mil participantes, entre atletas de 12 a 14 anos, e mais equipes técnicas dos 27 estados deverão participar da competição, que acontecerá de 12 a 21 de setembro.

Além de destinar recursos para adequar a estrutura da capital, o Governo do Estado disponibilizará três equipamentos esportivos para a competição. Entre eles, o Ginásio do Tarumã, que foi revitalizado pelo Estado e entregue à comunidade no final do mês de abril.

IMPACTO - O governador Beto Richa afirmou que, além de promover o esporte, os Jogos Brasileiros da Juventude também movimentarão o setor turístico da capital. “Haverá impacto no comércio e nos setores de transporte e serviços. Mais de 20 hotéis foram habilitados pelo COB para receber os atletas nas duas semanas de competição”, disse. 

O aspecto mais importante do evento, afirmou Richa, é o de estimular a prática esportiva entre crianças e adolescentes. “O esporte tem um poder transformador na vida das pessoas, ajuda na socialização, na disciplina e afasta de males como álcool, as drogas e a violência”, disse. 

Ele destacou os investimentos do Estado na área, principalmente no programa Talento Olímpico do Paraná (TOP), que concede bolsas para atletas e treinadores para incentivar a prática de esportes de alto rendimento. Além disso, o governo estadual investe em equipamentos esportivos e para atividades físicas em todas as regiões do Estado. 

ESCOLHA – Para o prefeito Rafael Greca, a cidade só tem a ganhar com a competição. “Os Jogos Escolares da Juventude vão dinamizar a economia da capital. São 22 hotéis que vão hospedar perto de 28 mil visitantes, o que vai trazer para a cidade um ânimo novo em um ano difícil”, disse. 

Curitiba foi escolhida devido ao bom diálogo com a Prefeitura e à estrutura que oferece, explicou o gerente-geral de Juventude do COB, Edgar Hubner - que é também diretor-geral dos Jogos Escolares. “Entre as cidades que visitamos, Curitiba foi a que melhor atendeu aos critérios do COB. A cidade tem um grande parque hoteleiro, instalações esportivas adequadas, como ginásios, piscinas e pistas de atletismo, um aeroporto adequado e a vontade política para receber a competição”, explicou Hubner. 

PARANAENSES - A delegação paranaense contará com 188 atletas em cada etapa. Os atletas serão convocados a partir dos campeões dos Jogos Escolares do Paraná (JEPs), que envolvem anualmente cerca de 100 mil pessoas, entre atletas, comissões técnicas, dirigentes, organizadores e arbitragem. Em 2016, a etapa de 12 a 14 anos dos JEPs recebeu, em Apucarana, 5.500 atletas, e a de 15 a 17 anos, em Arapongas, teve a participação de 6.500 competidores.

O Paraná é o atual campeão-geral dos Jogos Escolares da Juventude na categoria 12 a 14 anos. Na edição de 2016, realizada em Fortaleza, os atletas do Estado conquistaram 50 medalhas, das quais 30 foram de bolsistas do programa Talento Olímpico.

“Isso é fruto do trabalho do Governo do Estado, que incentiva a prática de esporte e faz com que ações como o TOP atinjam um grande número de pessoas”, afirmou o secretário de Estado do Esporte e Turismo, Douglas Fabrício. “O TOP é o projeto estadual de apoio a atletas mais importante do Brasil. Os atletas apoiados pelo programa se destacam em todas as competições nacionais e internacionais que disputam”, salientou.

Box

Competição é um dos celeiros do esporte brasileiro

As competições dos Jogos Escolares da Juventude serão em diversas praças e ginásios esportivos da cidade. São 3 modalidades: atletismo, badminton, basquete, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa, vôlei e xadrez.

A competição é reconhecida como um dos principais celeiros do esporte brasileiro e já revelou atletas como o armador de basquete Raulzinho, que atualmente joga na NBA pelo Utah Jazz; a campeã mundial e medalhista olímpica do judô Mayra Aguiar, a campeã olímpica do judô Sarah Menezes, a campeã pan-americana de atletismo Franciela Krasucki e o campeão pan-americano de tênis de mesa Hugo Calderano.

De acordo com Edgar Hubner, do COB, 57 atletas que já participaram dos Jogos Escolares disputaram as Olimpíadas do Rio de Janeiro no ano passado. “Como teremos no ano que vem os Jogos Olímpicos da Juventude, em Buenos Aires, estamos na fase de preparação dos atletas”, explicou.

Além da competição em Curitiba, o COB também anunciou que a segunda etapa dos Jogos Escolares da Juventude, para atletas de 15 a 17 anos, acontecerá em Brasília entre 16 a 25 de novembro.

PRESENÇAS – Participaram da solenidade a secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa; o assessor especial de Políticas Públicas para a Juventude, Edson Lau Filho; o secretário da Cultura, João Luiz Fiani; o secretário Municipal de Esporte, Lazer e Juventude de Curitiba, Marcello Richa; o vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel; e representantes de federações esportivas do Paraná.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br

Nenhum comentário: