quarta-feira, 10 de maio de 2017

Projeto Sarau nas Escolas retorna a Itapoá


Alunos das escolas municipais terão a oportunidade de prestigiar música instrumental ao vivo. São cinco apresentações nos meses de maio e junho.
A 2ª etapa da iniciativa é viabilizada pela Lei Rouanet.

        Oportunizar acesso e incentivar a música instrumental de qualidade. Este é um dos propósitos do projeto Sarau nas Escolas ao levar música ao vivo para a rede municipal de Itapoá. As apresentações começam dia 17 de maio na Escola Ayrton Senna (bairro: Itapema do Norte), seguem dia 18 na Escola Monteiro Lobato (Samambaial) e vão ocorrer em mais três escolas nos meses de maio e junho, com dois turnos em cada local. É voltado a alunos do segundo ao quinto ano do ensino fundamental.

A iniciativa é da Escola de Música Tocando em Frente em parceria com o Sarau# Trio de Joinville. No total, o projeto contempla 14 apresentações em sete escolas que, em 2016, já foi recebido na João Monteiro Cabral (bairro Pontal) e Claiton Almir Hermes (São José). O objetivo é alcançar um público estimado de mais de 1,4 mil crianças, da faixa etária de sete a 10 anos, que terá a oportunidade de escutar o “choro”, o primeiro estilo musical verdadeiramente brasileiro. “A música brasileira, respeitadíssima no exterior, é reconhecida no mundo por suas belas melodias, ricas harmonias e um inigualável balanço. Entretanto, esta música instrumental riquíssima feita no país ainda é pouco conhecida pelo próprio brasileiro”, ressalta a pianista Marisa Toledo.

Na prática, pode-se atribuir a uma experiência que alia a proposta musical ao lúdico. Os músicos Marisa Toledo (piano), Cláudio Moraes (sax e flauta) e Rafael Vieira (percussão) se apresentam vestidos com figurinos personalizados, assinados pela artista Caren Negrelli, em que a caracterização colorida e envolvente os aproxima da criançada. E, desta forma, vão contextualizando o universo musical de forma leve e atraente. A cada música ouvida há a história de sua origem, o estilo musical e curiosidades sobre os compositores. No repertório, músicas do fim do séc 19 e do séc 20 e 21, com os compositores Joaquim Callado, Ernesto Nazareth, Pixinguinha e Hamilton de Hollanda.

Em sua segunda edição, o Projeto Sarau nas Escolas - que já percorreu as escolas da Rede Municipal de Ensino de Joinville entre 2014 e 2015 -, tem muito a oferecer à cultura. Entre as justificativas, destacam-se: a preservação do patrimônio imaterial, a contribuição para a implementação da música nas escolas e também pela migração de um projeto cultural de um grande centro urbano para uma cidade menor garantindo a acessibildade presencial de um espetáculo musical de alta qualidade.

O Sarau#Trio já tem vínculo com a cultura de Itapoá desde 2015. No final daquele ano, participou da apresentação da Noite Cultural que contou com a Orquestra Prelúdio, de Joinville e o Coral Vozes da Babitonga, de Itapoá. Em 2016, iniciou o projeto Sarau nas Escolas e, em 2017, segue em mais cinco escolas. O projeto é viabilizado pela lei Rouanet e conta com o patrocínio da Fremax.

Histórico Saraus
Os Saraus Brasileiros atuam na cidade de Joinville desde 2012, quando aplicaram pela primeira vez o projeto "Acústico no Museu". Este projeto, com incentivo municipal, teve 11 apresentações no Museu Nacional de Imigração e Colonização com excelente público e movimentação cultural.
Como decorrência dessa experiência o grupo, também com incentivo municipal por meio de edital do SIMDEC (Sistema Municipal de Desenvolvimento Pela Cultura de Joinville), aplicou o "Sarau nas Escolas", na rede municipal de ensino da cidade. Com linguagem adaptada para crianças de 2º ao 5º ano escolar e duração de 45 min.

Agora esta proposta se estende à cidade de Itapoá. No total, contemplam 14 apresentações para alunos da rede municipal de ensino – em sete escolas – e uma para público de classificação etária livre na cidade.

Programação completa:
17/5:às 10h e 13h30 - E.M. Ayrton Senna (bairro Itapema do Norte)
18/5:às 10h e 13h30 -  E.M. Monteiro Lobato (bairro Samambaial)
25/5:às 10h e 13h30 - E.M. Frei Valentim (bairro Centro)
31/5:às 10h e 13h30 -  E.M. Euclides Emídio da Silva (bairro Barra do Saí)
1/6:às 10h e 13h30 -  E.M. Alberto Speck (bairro Saí Mirim – Zona Rural)

Sobre os músicos:
Cláudio Moraes – flauta transversa e saxofones
Saxofonista diplomado pela Escola de Jazz de Montreux (Suíça), onde morou de 1993 a 2000. No retorno ao Brasil esteve em turnê pelo Estado de Santa Catarina com o artista Juca Chaves.

Integrou a Tem Tutano – Banda de Rua, trabalhando na divulgação do 8º e 9º Festivais de Música de Itajaí/SC (2005 e 2006). Como músico integrante do Maraca – Música Instrumental Brasileira, participou do Joinville Jazz Festival - 4a edição (2006). Em agosto e setembro de 2007 integrou o grupo Pé de Crioula, a convite da cantora Ana Paula da Silva, num projeto didático-musical de samba e choro em Joinville/SC. Como instrumentista do AQUELETRIO – Música Instrumental (2005-2011), fez shows no Teatro da Reitoria da UFPR (Curitiba/PR), no Yucatán.Co de São Bento do Sul/SC (Café.com Expresso Musical - 2ª edição) e a abertura do Joinville Jazz Festival – 5ª edição, em Joinville/SC (2007). Formou e integrou o grupo de choro Chá de Cevada, com o qual apresentou em Joinville o projeto Hora do Choro (2007), projeto este contemplado posteriormente pelo SIMDEC 2008 (Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura de Joinville/SC). Também nesse período promoveu a Oficina de Saxofone na Escola de Música Villa- Lobos (EMVL) da Casa da Cultura de Joinville/SC e fez a abertura do Joinville Jazz Festival – 6ª edição, com o grupo de jazz instrumental Em Cima da Hora.
Músico integrante e coordenador artístico da Joinville Jazz Big Band de 2011 a 2014. Foi professor de flauta transversa e saxofone na Escola de Música Donaldo Ritzmann de São Bento do Sul/SC (2004-2009) e hoje é professor concursado da EMVL (Joinville/SC) desde 2009. Participou das gravações dos CDs de Ana Paula da Silva, Sergio Coelho, Thales Nunes, Fevereiro da Silva, Os Depira, Duo Backer, Ricardo Capraro, Gandhi Martinez, entre outros. Músico da Banda Dona Chica em 2012. Integrou a banda de Dentinho Arueira com a qual gravou o DVD Seu Brasilino e percorreu cidades vizinhas com o show de mesmo nome (2012-2013). Idealizador do Sarau# Trio, com o qual destaca o projeto Acústico no Museu (1ª e 2ª edições) e Sarau nas Escolas, e os shows Saraus Brasileiros em 2014 e Sarau# Trio Convida Sergio Coelho em 2015, ambos no Sesc Joinville. Compositor da trilha sonora e instrumentista do curta Uma Escada para João e revisor musical do Songbook Crioula. Atualmente é bacharelando no curso de Saxofone pela UNIVALI/Itajaí-SC e responsável pela Sarau# Produções.

Marisa Toledo – pianoÉ pianista diplomada pelo Conservatório de Música Profa Vany Knoll com aperfeiçoamento (1992), graduada em Pedagogia pela ACE Joinville/SC (1999), e especialista em Música Popular Brasileira pela FAP/PR (2005-2006). Representante brasileira no Encontro Internacional de Músicos em Langenhagen, em 1989. Professora de piano no
Conservatório de Música Profa Vany Knoll (1990-1995), professora de piano, teoria musical e musicalização infantil na Arte Maior Centro de Educação Musical (1991-1999), pianista da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil (2000-2003), diretora e professora do Art & Som – Centro Livre de Artes Integradas (2004), pianista acompanhadora do Coral Universitário da ACE - Associação Catarinense de Ensino (2005-2009) e coordenadora da Escola de Música Villa-Lobos (2009-2011) - todos em Joinville/SC.

Trabalhou como pianista co-repetidora para cantores líricos e corais diversos (1995 a 2009) e como pianista e vocalista do Aqueletrio – Música Instrumental (2005-2007), com o qual fez shows em São Bento do Sul, Curitiba e Joinville, incluindo a abertura do Joinville Jazz Festival de 2007. Participou da gravação do CD Contos em Cantos (Ana Paula da Silva/Humberto Soares - 2008) e Acústico 89 (Rádio 89 FM de São Bento do Sul/SC - 2008), além do CD Sonoridades Doces Para Sensibilidades Tranquilas, do Compassolivre (2005).

Participou de vários projetos aprovados pelo SIMDEC - Joinville (Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura), como musicista, transcritora de partituras
e agente cultural (desde 2005), entre eles merecem destaque: Songbook Crioula – Ana Paula da Silva, Compassolivre Leve e Solto nas Escolas, Compassolivre à Luz de Velas, CD Soprando Baixo, Acústico no Museu (1a e 2a edição) e Sarau nas Escolas. Em 2015 lançou o livro Palavra Presa na Garganta, também com patrocínio do SIMDEC, e participou de outros eventos independentes como a 12a Feira do Livro de Joinville, Partilha Cultural Casa Iririú (Joinville), 8a Feira Catarinense do Livro (Florianópolis), evento Um Dia na Casa (Casa da Cultura Fausto Rocha Jr, Joinville), {(IN)CONSCIENTE COLETIVO} 7a edição (Joinville). Preparadora musical do elenco do Coletivo IMPAR de Teatro na intervenção urbana “Breve Curso Prático de Administração do Tempo”, dez/15.

É professora da Escola de Música Villa-Lobos há 10 anos (Joinville/SC) e pianista do Coral AML. Atualmente também é a produtora e pianista do Sarau# Trio, com o qual aplicou os projetos Acústico no Museu e Sarau nas Escolas, shows no Sesc Joinville, Sesc Joaçaba/SC, Museu Mário de Pellegrin em Videira/SC, na Sociedade Cultural Alemã de Joinville e no Teatro da Sociedade Cultural Lírica de Joinville, entre outras apresentações. O show Sarau# Trio Convida Sergio Coelho, apresentado em julho/15, recebeu a indicação para o Circuito Estadual de Música do Sesc-SC 2016.

Compositora da música incidental para a peça “Os 12 Trabalhos”, do Grupo de Teatro Arte para Todos, do Instituto IMPAR e responsável pela Agência Cultural AqueleTrio.

Rafael Vieira – percussãoEstudou bateria com André Steuernagel, Adriano Cidral, Mauro Uhlig, Mario Jr., Rodrigo Paiva, Mauro Borghezan e Endrigo Bettega e participou de ofcinas e master classes na área de bateria e produção musical com grandes nomes do cenário musical brasileiro.

Participou de gravações do CD do americano Rex Johnson (quando tinha apenas 15 anos), e ainda dos CDs dos grupos Os Depira, Circus Musicalis, Banda Dona Chica, Dudu Godoi, DVD Grupo de Percussão de Itajaí entre outros. Foi produtor de bateria no disco “Posso Ser o Autor?” (Fevereiro da Silva – 2011), assistente de gravação no disco  “Música Universal” (Reino Fungi – 2011), gravou a trilha do curta Uma Escada para João (2012), foi assistente de mixagem e edição no disco Dona Chica (2012) e tem realizado trabalhos de gravação como baterista em estúdios de Joinville, Curitiba, Itajaí e Florianópolis. Participou ainda da Orquestra da Sociesc, projeto Espaço da Criança, Força Jovem, Green Belly, Sultana e foi músico de apoio do bluseiro Celso Blues Boy.

Desde 2013 integra os Sarau# Trio. É professor de Bateria na escola de música Villa-Lobos desde 2009. Concluiu o curso de bateria pelo Conservatório de Música Popular de Itajaí em 2012 e atualmente cursa Bacharelado em Bateria na UNIVALI.

Informações:
Marisa ToledoDiretora Artística e coordenadora do projeto
marisa.toledo@gmail.comhttp://sarausbrasileiros.blogspot.com.brhttps://www.facebook.com/SarausBrasileiros(47) 3028-1114 / 9.9994-2984

Manu TorresAssessoria de Imprensa
manulogicas@gmail.com
(47) 99975-5551

Nenhum comentário: