quarta-feira, 7 de junho de 2017

Servidores de Itapoá estão em seu 9º dia de greve

Os servidores municipais de Itapoá estão em sua segunda semana de greve sem que o prefeito Marlon Neuber tenha negociado. Os trabalhadores estão paralisados desde 29 de maio e a adesão ao movimento está crescendo.

A decisão de paralisar foi tomada após diversas tentativas de diálogo com o governo. Em dois meses o prefeito havia recebido o sindicato apenas uma vez e somente a reposição da inflação e um reajuste de 10,12% no vale-alimentação foram concedidos. Não houve qualquer diálogo sobre o restante da pauta de reivindicações, que inclui cláusulas sociais para a melhoria do serviço público e de condições de trabalho. Na semana passada estas duas propostas foram enviadas para votação na Câmara de Vereadores de forma arbitrária, sem a anuência da categoria. A organização dos servidores, no entanto, conseguiu paralisar a tramitação das matérias.

Entre os principais itens da pauta estão a aplicação do novo Plano de Cargos, Carreira e Salários (PCCS); eleição para diretores das escolas; regulamentação da revisão salarial mensal (gatilho salarial), conforme acordado em 2016; apresentação de proposta para zerar, até o final do mandato da atual gestão municipal, perdas salariais históricas da categoria, que somam hoje 27,73%, e pagamento de adicional de insalubridade para ACSs, ACEs e recepcionistas das unidades de saúde.

AGENDA DA GREVE PARA 7/7

8 horas – reunião do Comando de Greve, na sede do Sinsej
14 horas – ato em frente à Prefeitura
19 horas – Participação na audiência pública que acontece na Câmara de Vereadores


Francine-01-01

Nenhum comentário: