segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Casa desmorona sobre família, e pai diz ter deitado em filhos pequenos para salvá-los

Vendaval levou teto e paredes da casa (Foto: Adriana Mendes Cabral/Arquivo pessoal)

Vendaval que atingiu o município de Santa Cruz de Monte Castelo, no noroeste do Paraná, na madrugada deste domingo (20), só deixou a cozinha da casa em pé.


ma casa desmoronou sobre uma família na madrugada deste domingo (20), em um assentamento no município de Santa Cruz de Monte Castelo, no noroeste do Paraná. Chovia e ventava bastante no momento do acidente.
stavam sob o teto o casal Wiliam Pereira dos Santos, de 24 anos, Nadielle Maciel Ferreira, 25, e três filhos pequenos, com idades entre 3 e 7 anos. O pai conta que, ao perceber o vendaval arrastando as paredes, deitou rapidamente sobre as crianças e a esposa para salvá-los.
"Minha mulher acordou e me chamou, perguntando o que era aquele barulho. Eu levantei e veio uma rajada muito forte de vento. Quando olhei para cima, vi só o céu e as paredes voando. Minha reação foi deitar em cima de todo mundo e esperar tudo cair. Os tijolos caíram nas minhas costas, mas consegui evitar que meus filhos se machucassem", conta Santos.

Ele afirma que está bem, apesar de sentir dores. "Minhas costas ficaram machucadas, mas, no susto, ainda não estou sentindo nada. Foi tudo muito rápido. Perdemos quase tudo da casa". Filhos e esposa também não se machucaram.

Tijolos caíram sobre as costas do pai: 'no susto, ainda não estou sentindo nada' (Foto: Adriana Mendes Cabral/Arquivo pessoal)

A casa foi construída há oito meses, pelo próprio Wiliam e o pai dele, e tinha dois quartos pequenos, um banheiro e uma cozinha. Segundo o dono, só a cozinha ficou em pé após a ventania.

"Assim que a rajada passou, levantamos e fomos para a casa do meu pai, que mora aqui perto. Vamos ficar na casa dele, até a gente conseguir ajeitar as coisas. É uma situação bem difícil para nós", lamenta.

Por volta das 10h30, a família aguardava a chegada da Defesa Civil de Paranavaí, município a cerca de 100 quilômetros do assentamento, para tomar as providências quanto aos escombros.

Nenhum comentário: