quinta-feira, 26 de julho de 2018

DEU GALO Paraná Clube faz bom jogo, mas amarga mais uma derrota fora de casa pela Série A

Elias, no contra-ataque, definiu o placar: 2x0
Foto: Clube Atlético Mineiro
O Paraná Clube parou nas mãos de Victor. Em noite inspirada, o goleiro do Atlético-MG pegou tudo, atrapalhando os planos do Tricolor. Mesmo pressionando – e encurralando – o rival em muitos momentos da partida, o time de Rogério Micale acabou derrotado: 2x0 para o Galo, na noite desta quarta-feira (25), no Independência, em Belo Horizonte. Resultado que mantém a equipe paranaense no temido Z4.

Atento, o Paraná iniciou a partida assustando o adversário. No primeiro minuto, Rodolfo se livrou da marcação e bateu rente à trave. O Galo tentou a resposta com o veloz Chala, mas Renê Santos, que estreava com a camisa tricolor, afastou o perigo. Aos 30 minutos, após jogada de Silvinho, Alex Santana se livrou da marcação e bateu para a defesa de Victor. Logo depois, o goleiro voltou a trabalhar em um tiro cruzado de Nadson.

Com o jogo controlado, o Tricolor acabou surpreendido aos 39 minutos. Vuaden “viu” falta de Mansur sobre Chala. Na cobrança, a bola foi erguida para Leonardo Silva, que ganhou no alto e cabeceou para a rede: 1x0. Aos 44, o Paraná quase respondeu na mesma moeda. Na cobrança de falta de Caio Henrique, Renê Santos subiu muito e testou forte, para a defesa – com o peito – de Victor.

O segundo tempo começou da mesma forma, com Victor parando o ataque tricolor. Ele impediu o empate em chutes de Mansur e Rodolfo. Laghi procurou mudar o time com a entrada de Lucas Cândido. Logo depois, teve que trocar Fábio Santos, lesionado, por Carlos Gabriel. Aos 24 minutos, numa pancada de Júnior, Victor espalmou do jeito que deu e, na sobra, Patric afastou. Micale tentou tornar o time ainda mais rápido, com as entradas de Torito González e Raphael Alemão.

Mas, não houve tempo nem para testar essa estratégia. No lance seguinte, Caio Henrique errou um passe lateral e Elias conseguiu fazer o corte e arrancar em velocidade. Cara a cara com Thiago Rodrigues, bateu no canto: 2x0. O Paraná ainda tentou seu gol, com a entrada de Carlos Eduardo. Mas, mesmo após a expulsão de Lucas Cândido, aos 35 minutos, não teve forças para diminuir. Agora, o Paraná vai a São Paulo, onde enfrenta o Palmeiras, domingo, às 11h.

Atlético-MG 2x0 Paraná Clube
Atlético-MG: Victor; Patric, Leonardo Silva, Maidana e Fábio Santos; Elias, Zé Welison e Tomas Andrade; Chara, Ricardo Oliveira e Terans. Técnico: Thiago Larghi

Paraná: Thiago Rodrigues; Júnior, Cléber Reis, Renê Santos e Mansur; Leandro Vilela, Alex Santana, Caio Henrique e Nadson; Rodolfo e Silvinho. Técnico: Rogério Micale
Local: Independência (Belo Horizonte-MG)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Maurício Coelho Silva Penna (RS)
Renda: R$ 262.820,00
Público: 17.244
Gols: Leonardo Silva aos 39’ do 1º tempo. Elias aos 28’ do 2º tempo
Cartões amarelos: Leonardo Silva (Atlético-MG). Nadson (Paraná)
Expulsão: Lucas Cândido aos 35’ do 2º tempo

Departamento de Comunicação - PRC

Nenhum comentário: