segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Olimpíada das Apaes de SC começa em Gaspar; competições vão até quinta (9)

Atletas cumprimentam autoridades durante a cerimônia de abertura do evento, na noite deste domingo (5).
FOTO: Solon Soares/Agência AL
Quase duas mil pessoas de todo o estado, entre atletas, técnicos, dirigentes e árbitros, participam a partir desta segunda-feira (6) da 21ª edição da Olimpíada da Apaes de Santa Catarina, que ocorre am Gaspar, no Vale do Itajaí. A cerimônia de abertura da competição reuniu mais de 3 mil pessoas no Ginásio Prefeito João dos Santos na noite deste domingo (5), com a presença das 16 delegações que participam do evento, que prossegue até quinta-feira (9).
Serão 10 locais de competição nas modalidades handebol, natação, bocha paralímpica, futsal, atletismo, bocha rafa vollo, tênis de mesa e basquete. Conforme o presidente da Apae de Gaspar e responsável pela comissão organizadora dos jogos, Rogério de Andrade, o município foi convidado para sediar o evento devido à comemoração, neste ano, dos 35 anos fundação da Apae local.
"Foi um grande presente para nossa Apae e para o município de Gaspar. Vamos poder mostrar nosso trabalho para todo o estado", afirmou Andrade que, juntamente com os autodefensores apaeanos Claudemir Rissi e Rosa Maria da Silva, foi responsável por declarar oficialmente aberta a olimpíada. "A garra e a força que vocês, atletas, demonstram nos deixam mais motivados", disseram os autodefensores.
A presidente da Federação das Apaes de Santa Catarina, Lorena Schmidt, afirmou que as olimpíadas representam não só a oportunidade de mostrar o trabalho desenvolvido pelas mais de 180 associações espalhadas pelo estado, mas de destacar "o exemplo de superação dos atletas apaeanos, mostrando do que eles são capazes de competir como qualquer outra pessoa."
Evento oficial
Durante a cerimônia de abertura, a presidente da Federação Catarinense de Esporte (Fesporte), professora Natália Petry, que representou o governador Eduardo Pinho Moreira no evento, anunciou que a olimpíada das Apaes será incluída no calendário oficial esportivo de Santa Catarina.
"É um evento extremamente importante na inclusão das pessoas com deficiência no esporte e nós não poderíamos ficar de fora", disse Natália. "A olimpíada apaeana vai se juntar ao Parjasc e ao Parajesc, eventos que tornaram Santa Catarina referência nacional no paradesporto."
O presidente da Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE), professor Pedro de Souza, lembrou que o evento da Apae mostra o potencial de pessoas com deficiência para o esporte, não apenas por inclui-las, mas principalmente por possibilitar a superação de seus limites.
O prefeito de Gaspar, Kléber Wan-Dall, e o presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, deputado Ricardo Guidi (PSD), também participaram da cerimônia de abertura, que durou aproximadamente duas horas.
Além do desfile das 16 delegações participantes, o público acompanhou apresentações de dança e da banda São Pedro. O fogo simbólico da olimpíada foi aceso pelo aluna da Apae Keli Cristiane Felipe. Já o juramento coube ao paratleta Daniel Gustavo Santana. A solenidade foi encerrada com a apresentação do DJ Jansen Gums
A 21ª Olimpíada das Apaes/SC é promovida pela Apae de Gaspar com apoio da federação estadual das Apaes, Prefeitura de Gaspar, Assembleia Legislativa e Governo do Estado. As disputas têm início na manhã desta segunda-feira, com o handebol (ginásio da EEB Frei Godofredo), futsal (Associação Bunge), bocha rafa vollo (Country Clube e Clube Blumenauense de Caça e Tiro) e basquete (ginásio da EEB Ivo D'Aquino).
Marcelo Espinoza
AGÊNCIA AL

Nenhum comentário: