terça-feira, 18 de setembro de 2018

Cultura da dança folclórica ganha destaque na 2ª Festa das Tradições da Escola João Monteiro Cabral


Uma ideia que surgiu em 2017 para preencher uma lacuna deixada pela não realização de uma festa junina se repetirá no próximo dia 29 de setembro, das 13h às 19h, na Escola Municipal João Monteiro Cabral, no bairro Pontal, em Itapoá. É a 2ª edição da Festa das Tradições e do Folclore Nacional, evento que envolve todos os alunos, do pré ao 9º ano, e trabalha a cultura da dança. O evento tem o apoio da Secretaria Municipal de Educação e da Prefeitura de Itapoá.


Uma ideia que surgiu em 2017 para preencher uma lacuna deixada pela não realização de uma festa junina se repetirá no próximo dia 29 de setembro, das 13h às 19h, na Escola Municipal João Monteiro Cabral, no bairro Pontal, em Itapoá. É a 2ª edição da Festa das Tradições e do Folclore Nacional, evento que envolve todos os alunos, do pré ao 9º ano, e trabalha a cultura da dança. O evento tem o apoio da Secretaria Municipal de Educação e da Prefeitura de Itapoá.
A professora Denise Batista é a idealizadora da festa e conta com a parceria dos professores Rafael Henrique de Paula e Leonardo Bertini Corrêa Pontalti, responsáveis pela inscrição do projeto da escola no Programa Ampliar, desenvolvido pelo Porto de Itapoá e que oferece apoio financeiro aos escolhidos.
O Ampliar trabalha com temáticas que valorizam projetos comunitários voltados para o desenvolvimento dos bairros Jaguaruna, Figueira e Pontal. No caso do projeto da Festa das Tradições, ele foi enquadrado na temática comunicação e cultura (categoria geração de renda) e vai contemplar a Escola João Monteiro Cabral com a liberação de recursos para a organização e realização da festa folclórica.
No ano passado, alguns dos temas trabalhados pelas turmas foram danças indígena, samba, frevo, forró e carimbó, entre outras. Na edição deste ano, a ideia será a mesma, focando as apresentações na dança (confira abaixo a programação completa).
Além das apresentações folclóricas, a festa contará com barracas de alimentação e jogos, dois estandes para cabeleireiro e maquiagem, um estande produtos agrícolas e rurais, dois estandes de produtos de beleza e estética e dois estandes de produtos de artesanatos locais.
A comissão organizadora da Festa das Tradições destaca ainda que a verba do Programa Ampliar será importante para a compra de tecidos e para a confecção das roupas dos alunos, além construção de um palco de 54 metros quadrados que será usado para as apresentações das turmas.
Vale destacar que os conteúdos trabalhados com as crianças e os adolescentes têm o objetivo de reforçar o aprendizado dos alunos e também trazer para a realidade deles culturas pouco conhecidas ou distantes.
- Todos os conteúdos têm relação com a música e a dança e a gente procura estimular isso dentro da sala de aula. É claro que nem todos os alunos gostam da ideia, mas aos poucos eles aceitam e já se percebe uma evolução em relação ao ano passado, diz o professor Rafael.
Para a professora Denise, o folclore brasileiro é muito amplo e precisa ser trabalhado de maneira mais forte com os estudantes.
- O objetivo é mostrar que existe cultura aqui. Com o tempo, vamos evoluir e conquistar melhores resultados, enfatiza.
PROGRAMAÇÃO 2018
Pré I e II-B - Dança do Pezinho - Tradição Gaúcha - Painel gaúchos
1º Ano e Pré II-A - Samba lelê - Tradição samba - Painel máscara de carnaval grande
2º Ano - Canto ao pescador - Tradição Pescador - Painel pescadores
3º Ano - Caipira - Mocinhas da Cidade - Tradição Sertaneja - Painel Caipiras
4º Ano - Dança indígena - Tradição Indígena - Pintura de paisagem indígena
5º Ano - Danças imigrações - Tradição do Imigrante - Painel com pintura das silhuetas
6º e 7º anos - Siriri Matogrossense - Painel com a viola de concho
8º e 9º anos - Lundu - Pintura de dançarinos

Nenhum comentário: