domingo, 21 de outubro de 2018

POLÍCIA INVESTIGA Ex-secretário do Paraná, Cezar Silvestri é encontrado morto em rua de Curitiba

Cezar Silvestri foi encontrado morto na Rua Martim Afonso, em Curitiba.

ex-secretário estadual Cezar Silvestri foi encontrado morto na rua Martim Afonso, em Curitiba, na madrugada deste domingo (21). A polícia trabalha com a hipótese de suicídio, a partir da queda do 22.º andar do prédio. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal de Curitiba e já foi liberado.
Cezar Augusto Carollo Silvestri nasceu em Guarapuava, tinha 64 anos e foi chefe de Casa Civil e secretário de Desenvolvimento Urbano na gestão Beto Richa (PSDB) e também presidente da Agência Reguladora de Serviços Delegados do Paraná (Agepar), além de ter exercido mandatos de deputado estadual e federal. Era pai do atual prefeito de Guarapuava, Cezar Silvestri Filho, e marido da deputada estadual eleita Cristina Silvestri.
O corpo de Silvestri será velado na prefeitura de Guarapuava, para onde será levado ainda neste domingo. Ainda não há informações sobre o horário e local de sepultamento.

Trajetória

Silvestri era formado em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), em 1977. No ano seguinte, integrou os quadros de engenheiros do Departamento de Estadas de Rodagem do Paraná (DER-PR), do qual chegou a ser chefe do escritório regional de Guarapuava.
Ele entrou para a vida pública em 1988, quando foi eleito vice-prefeito de Guarapuava. Foi eleito três vezes consecutivas (em 1990, 1994 e 1998) deputado estadual do Paraná. Na Assembleia Legislativa do estado (Alep), presidiu as comissões de Orçamento; e de Obras Públicas, Transporte e Comunicações.
Em 2002, Silvestri foi eleito deputado federal pelo Paraná, cargo para o qual foi reeleito nas duas eleições seguintes (de 2006 e 2010). Na Câmara Federal, chegou a ser apontado como um dos cem parlamentares mais influentes do Congresso, pelo Departamento Intersindical de Análise Parlamentar (Diap).
Silvestri voltou ao Paraná em 2011, onde assumiu a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano (Sedu), na gestão de Richa. Em 2013, passou a ser secretário de Governo e, em seguida, secretário-chefe da Casa Civil. Em 2015, foi indicado à presidência da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná (Agepar), último cargo público que ocupou.

Nenhum comentário: